fbpx

Portal Methodus

Fidelizando seu Cliente: Como Evitar Problemas Básicos na Moto

A revisão frequente da moto é fundamental para evitar grandes despesas de manutenção para seu cliente, e uma excelente oportunidade de fidelização.

problemas na moto

A manutenção preventiva deve ser vista como um investimento na fidelização de seu cliente, pois demonstra sua preocupação em evitar que ele fique sem moto nas horas em que mais precisa.

Muitos donos de motos cometem erros banais todos os dias que acabam por gerar problemas em médio prazo ou longo prazo.

Imagine criar um banner para sua loja ou oficina sugerindo esses cuidados básicos, ou até mesmo criando um sistema de revisão gratuita e agendada. Com certeza alguma troca necessária ou preventiva irá gerar receita de serviços e peças.

Enquanto a moto é verificada, ele terá tempo para olhar acessórios, capacetes, roupas e outros itens que entrarão em sua lista de futuras compras.

Procure criar um ambiente confortável, organizado e agradável para que ele aproveite sem pressa o tempo de espera. Café, água e banheiros limpos e uma boa conversa, são mínimas atenções que seus clientes merecem.

A seguir, confira sugestões de itens para verificação rápida!

Atenção ao Nível de Óleo

Esse item está em primeiro lugar, muito cuidado com o motor da motocicleta.

Seu cliente deve ficar atento ao prazo em que fez a última troca e a quilometragem rodada e recomendada pelo tipo de lubrificante usado.

De forma geral, os motores das motos são mais exigidos no trânsito do que os dos carros.

Mas, o que fazer se o nível do óleo baixar?

Fique de olho: os motores das motos gastam pouco óleo.

Se baixar demais, é sinal de problema e oportunidade de manutenção para sua oficina. 

Oriente-os a observar com atenção o chão da garagem. Não ignorar o problema, pois a tendência é sempre piorar.

Se tiver vazamento, umas das hipóteses é trocar as juntas desgastadas.

Atenção para a Regulagem de Freios e Embreagem

Muitos motociclistas “exageram” na dose no uso da embreagem, e usam pouco a posição neutra da marcha em sinais ou paradas rápidas. Isso acelera o desgaste do conjunto, inclusive os cabos.

A regulagem de freios (pastilhas ou lonas) é outro item negligenciado pelos motociclistas. 

Sempre analise esses itens, em qualquer tipo de serviço que seu cliente fizer em sua oficina. No mínimo, a troca do fluido de freio será necessário.

Mantenha os Pneus Calibrados

Tome cuidado redobrado com os pneus da moto.

Calibre os pneus segundo as recomendações do fabricante.

Se o pneu está muito murcho, a chance de ele furar aumenta consideravelmente.

Atualmente, existem diversas opções de fluidos especiais para aplicar nos pneus, visando evitar que eles esvaziem por pequenos furos no trânsito ou em viagens. 

Pode ser uma oportunidade de venda adicional, sempre que fizer alguma manutenção ou troca de pneus.

Verifique os Amortecedores

O conjunto de suspensão da moto, seja dianteiro ou traseiro, são itens que possuem prazo de validade, ou seja, eles precisam ser trocados de tempos em tempos.

Poucos motociclistas entendem que esses também são itens de desgaste e podem ser muito perigosos para o equilíbrio da moto durante a pilotagem, principalmente em curvas e frenagens. 

Fique atento a vazamentos dos retentores, desgaste de molas, e regulagens dos sistemas.

Verifique o Uso de Gasolina Adulterada

Oriente bem o seu cliente quanto ao tipo e qualidade da gasolina utilizada.

Os sistemas de carburação ou injeção eletrônica das motos são bem mais sensíveis do que os de automóveis.

A injeção eletrônica já deixou de ser novidade nas motocicletas há algum tempo e, hoje, domina o mercado de veículos novos. Isso faz com que a demanda pela manutenção desse sistema seja grande, tornando o scanner uma ferramenta simplesmente indispensável em qualquer oficina de motos.

Afinal, ele é o único equipamento que permite ao mecânico identificar os problemas de funcionamento do sistema de injeção eletrônica, fornecendo um diagnóstico preciso para que o reparo de eventuais falhas possa ser realizado rapidamente. 

Se sua oficina ou loja ainda não trabalha com esse item, considere urgentemente realizar esse investimento, além de promover treinamento para sua equipe.

Manutenção e Ajuste do Kit Relação

A função corrente ou correia é transmitir o torque, ou seja, ela leva a força do motor até as rodas.

Lubrificação adequada, regulagem da folga conforme especificações e observações de desgaste são fundamentais.

Recomenda-se o lubrificante óleo do tipo 90.

Não Esqueça da Bateria

Outro item de que você deve cuidar muito bem é a bateria.

Por ter um valor agregado alto, a bateria precisa de cuidados especiais em sua loja:

  • Condições de estocagem;
  • Equipamento para teste e recarga;
  • Preenchimento do formulário de garantia no momento da venda;
  • Teste do sistema elétrico da moto;
  • Manter boa parceria com seu fornecedor para treinamento e reposição de garantias.

Lembre-se: a falha na bateria da moto é um problema que vai incomodar bastante o seu cliente, pois ele vai precisar dela a todo momento para pilotar sua moto – e, quando ela não funcionar, é de você que ele irá lembrar, e não do fabricante da peça. 

Portanto, teste sempre todo o sistema e tenha sua documentação, garantias e processos de acordo com as orientações técnicas de fábrica.

Por último, manter o controle com um cadastro e o histórico de trocas e manutenções de seus clientes pode ser um diferencial de atendimento e uma oportunidade de gerar vendas através de mensagens e lembretes para trocas ou promoções para um check list gratuito.

Gostou das dicas? Continue acompanhando nosso Portal para muito mais conteúdos como esse! Compartilhe esse artigo e deixe abaixo seu comentário contando a sua experiência com fidelização de clientes!

 

compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Veja também:

WhatsApp