Ducati Estreia Loja Oficial no Mercado Livre

Ducati estreia loja oficial no Mercado Livre

A marca aproveitou o momento estratégico para aumentar a oferta e a distribuição de seus produtos  oficiais através do Mercado Livre. Descubra como você pode fazer o mesmo.

Aperte o play para ouvir o artigo:

Imagem: Divulgação

Recentemente, Ducati do Brasil anunciou o lançamento de sua loja oficial no Mercado Livre para venda de acessórios, itens de boutique e peças originais. 

A intenção da marca com isso é aumentar a oferta e a distribuição destes produtos em todo o país, inclusive para as regiões onde não há concessionárias ou Posto Assistencial de Serviços da marca italiana.

Segundo Diego Borghi, CEO da Ducati no Brasil, a loja oficial da Ducati no Mercado Livre chega para melhorar a experiência do consumidor, bem como para fornecer um canal de vendas on-line exclusivo da marca, o que representa mais confiança e credibilidade para os clientes fiéis.

Segmento de motopeças é sucesso nas vendas pela internet

Imagem: Divulgação

Essa decisão tomada pela Ducati de oficializar seu canal de vendas pelo Mercado Livre foi muito estratégica, levando em conta o segmento em que atuam. 

As categorias “acessórios para motos” e “peças para motos” ocupam posição de destaque entre os segmentos mais comercializados em acessórios para veículos no Brasil. 

Houve um crescimento de 36% destas duas categorias no Mercado Livre em 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior, e um novo crescimento é esperado para 2020.

Triumph também possui loja oficial no ML, lançada em 2019

Imagem: Divulgação

Outra marca que já possui loja oficial para venda de suas peças e produtos no universo das motocicletas é a Triumph, que anunciou sua parceria com o Mercado Livre no ano de 2019. 

Com isso, os clientes passaram a poder comprar peças originais pela internet, obtendo acesso ao estoque disponível nas concessionárias da marca inglesa de todo o Brasil. 

A decisão da Triumph, por sua vez, foi motivada pelo objetivo de aumentar o faturamento das concessionárias participantes, além de conquistar novos clientes através das plataformas digitais.

Vender no mercado livre vale a pena?

Imagem: Divulgação

Se você deseja aproveitar todas as vantagens do comércio virtual, um caminho que parece confortável é iniciar sua jornada criando uma conta no Mercado Livre. 

Mas muita gente se pergunta: vender no Mercado Livre é seguro? Vale a pena? 

A resposta que muitos já desconfiam por acompanharem resultados surpreendentes de lojas que se aventuram no comércio eletrônico através do Mercado Livre é: sim, é seguro e vale a pena

Como dissemos acima, o nosso mercado de motopeças e acessórios para motos é um dos que mais cresce atualmente em canais de vendas como o Mercado Livre. 

Iniciar uma operação online é uma excelente maneira de impulsionar os negócios e obter resultados mais do que satisfatórios.

Basta seguir algumas regras simples e aumentar ainda mais a confiabilidade das suas vendas para atrair mais negócios fechados! 

Confira a seguir 5 dicas básicas para garantir uma venda confiável

1. Mantenha um cadastro completo do seu produto:

Garanta que todas as especificações técnicas estejam preenchidas, bem como:

• Nome

• Marca

• Modelo

• Descrição

• Estado: novo ou usado

• Origem

• Medidas

• Unidades no Pacote

2. Utilize sempre fotos de qualidade

Um produto deve sempre vir acompanhado de fotos reais. Esse tópico é importante tanto para o vendedor quanto para o comprador.

A resolução da foto é muito importante também, para que o cliente possa aproximar a imagem e vê-la em detalhes. 

Além disso, fotografar o produto de ângulos diferentes aumenta muito a garantia de satisfação após a compra. 

3. Use sempre o MercadoPago para transações

Para vender no Mercado Livre, utilizar o MercadoPago é a melhor opção para vendedores e compradores, pois desta forma você recebe o seu pagamento dentro da plataforma, sem correr o risco de inadimplência. 

Essa garantia existe porque, uma vez comprovada a entrega, o Mercado Livre libera automaticamente o pagamento.

Além disso, o seu cliente pode escolher entre diversas forma de pagamento, sendo um estímulo à compra.

4. Mantenha sua comunicação 100% dentro do Mercado Livre

Vender no Mercado Livre é seguro desde que você mantenha toda a sua comunicação com o comprador registrada na plataforma.

O Mercado Livre não confirma pagamento por outras ferramentas que não sejam sua conta na plataforma e seu e-mail também cadastrado.

Evite manter comunicação com clientes por outros meios externos à plataforma, como telefone e WhatsApp.

5. Use sempre o Mercado Envios

Com a funcionalidade do Mercado Envios a plataforma garante que o produto será entregue. 

Além disso, com a integração com o Mercado Pago o processo fica ainda mais fácil e seguro.

Caso você opte por usar o Mercado Envios, o valor do frete ficará por conta do comprador (a não ser que você ofereça frete grátis), e já será embutido de forma automática no cálculo do valor total do produto no momento da compra.

Outras opções para vender online

Imagem: Divulgação

Além do Mercado Livre, você possui outras opções para iniciar as vendas da sua loja através da internet.

Você pode, por exemplo, criar a sua própria loja em um site próprio, utilizando uma plataforma de e-commerce. 

Existem plataformas simplificadas e bastante intuitivas para começar a vender, como por exemplo: TrayNuvem ShopVTexShopifyWix e WooCommerce (dentro do WordPress). 

Para te ajudar com isso, você pode contar com uma assessoria especializada em implantação de e-commerce e marketing digital, que irá guiar a sua empresa pelas etapas necessárias para criar uma loja virtual de sucesso.

Conclusão

Seja qual for o meio escolhido para iniciar sua empreitada no universo das vendas online, lembre-se de manter uma comunicação clara e eficiente com o seu cliente, respondendo prontamente às dúvidas que surgirem. 

Outra dica importante é se manter sempre ativo nas mídias sociais, mostrando as vantagens de seus produtos, valorizando e fortalecendo a sua marca e compartilhando novidades e informações para o segmento. 

E você? Já vendeu online? Pretende começar em breve? Qual a sua maior dificuldade nesse assunto? Deixe aqui embaixo seu comentário, ficaremos felizes em lhe ajudar.

Até a próxima!